SR85
Ator visto em: Muitos anos da minha vida, em muitos lugares

SINOPSE

Robin McLaurim Williams (Chicago, 21 de julho de 1951 – Califórnia, 11 de agosto de 2014) foi um ator e comediante americano. Após conquistar fama interpretando o alienígena Mork na série de televisão Mork & Mindy, e pelo seu trabalho posterior com stand-up comedy, Williams foi destaque de diversos filmes desde 1980. Venceu o Oscar de melhor ator coadjuvante por sua performance no filme Good Will Hunting, de 1997, e também conquistou dois Prêmios Emmy do Primetime, seis Globos de Ouro, dois prêmios do Screen Actors Guild e cinco Grammys.

SR85BCRÍTICA RENEGADA

E ae pessoas!!! Blz? Nem tanto, né? Fui surpreendido pela notícia da morte desse ator. É complicado porque, se você colocar no papel, faz uns 4 ou 5 anos que não ouvia falar nada do Robin Williams. Na verdade, acho q a ultima vez que eu ouvi o nome dele, ou vi algo foi Uma noite no Museu 2.  E  eu mesmo acabei não correndo atrás  para ver se ele estava fazendo outras coisas. Depois da notícia, imediatamente fui obrigado a cancelar a crítica do filme que eu iria colocar aqui para aproveitar esse espaço e homenagear um  cara que eu aprendi admirar como ator em filmes da minha infância/ adolescência. Resgatando um pouco da memória, acho que o primeiro filme que realmente vi do cara foi Hook – A Volta do Capitão Gancho. Até hoje me lembro da minha reação pensando ” caraca, o Peter Pan cresceu! caraca!! é uma continuação”. Dai para frente, era só curtição dos filmes, e todos que eu via nessa época eram dublados. até entender tudo isso, e realmente ouvir a voz dele em Sociedade dos Poetas Mortos, que passava em algum canal a cabo na época da TVA, rs. Ai vieram outros filmes que me marcaram, alguns filmes de família, como Uma Babá Quase Perfeita, Flubber, o fodástico Jumanji (e ao Galápagos Jogos? olha ai a oportunidade, hehe) , e outros mais sérios como O Homem Bicentenário, Retratos de uma Obsessão, o Gênio indomámevel, o fabuloso Patch Adams (Banheira de Macarrão!!). Porém, tem um que eu nunca me esqueci, e gosto muito: Amor Além da Vida. A idéia e toda aflição de sair do Paraíso para ir até o inferno atrás da sua amada, poxa, foi foda demais! Não sei se teria coragem de assistir novamente para não apagar a magia desse filme nas minhas lembranças. Sei que temos muitos outros filmes, que todos nós nos identificamos  e guardamos pelo imenso carinho e dedicação que Robin Williams nos mostrou. Aquele cara que todos gostariam de conhecer e ter a amizade dele. Infelizmente gênios como ele acabam tendo tendo finais trágicos, porém, deveriamos fazer a nossa parte e compartilhar todas as coisas boas que ele nos mostrou nesses longos anos de carreira. É cara, você vai fazer falta porquê atores como você estão cada vez mais raros.  #LUTO

NOTA PELO CONJUNTO DA OBRA: icon_pubjoe_clapicon_pubjoe_clapicon_pubjoe_clapicon_pubjoe_clapicon_pubjoe_clapicon_pubjoe_clapicon_pubjoe_clapicon_pubjoe_clapicon_pubjoe_clapicon_pubjoe_clap

Vou deixar o Trailer de um dos filmes que eu mais gosto dele:


Não se esqueçam de comentarem, compartilharem
e o que vocês quiserem! Até mais!

ASSBob

  • CIDO

    Poxa muito triste…Filmes como uma babá quase perfeita e jumanji fizeram minha infância na sessão da tarde…Uma grade perda realmente! =(

  • Mike

    Um dos melhores atores que eu já vi…

    Deveria ganhar um oscar da academia pelo conjunto da obra!!!!

    R.I.P. Eterno Jack!!!!

  • Eu fiquei tão chocada com a morte dele 🙁 Não esperava mesmo, era um puta ator e tinha uma carreira brilhante atrás de si. São tantos filmes que fazem parte da nossa vida que até falta dedo na hora de contar.

    :'(

    Bjs

  • Eric

    fiquei triste em saber também… Neste domingo passado estava passando Bom dia Vietnam na TV e eu parei pra assistir. É incrível como ele conseguia incluir a genialidade da comédia até no mais sério dos assuntos e de uma maneira crítica.
    Foi-se um grande gênio sem dúvidas.

  • R.I.P :'( … Foi-se mais um dos cada vez mais raros artistas de corpo e alma!

  • Jonathas Madeira

    Não há outra definição para Robin Willins melhor do que “estrela”… Não pela fama, dinheiro, filmes… mas pelo que cada um de seus provoca em nossos corações… Cada um deles, Desde Homem Bicentenário, o professor de Gênio Indomável, o marido em Amor Além da Vida ou mesmo Popeye, traz em nosso peito um brilho… uma ponta de um mundo melhor, mais simples, um mundo em que que QUEREMOS ser melhores, não porque a sociedade quer, mas por nós mesmos, por vermos que isso é possível.

    Várias foram as lágrimas que já derramei assistindo seus trabalhos, lágrimas que, com absoluta certeza, voltarão a correr a cada vez que os assistir de novo… no entanto, acredito que essa que rola em meu rosto enquanto escrevo estas palavras é a primeira de verdadeira tristeza… uma tardia homenagem, um tardio reconhecimento…