SR76
Filme visto em: 05 de Junho de 2014 | Cinemark Shopping Pátio Paulista

SINOPSE

Diagnosticada com câncer, a adolescente Hazel Grace Lancaster (Shailene Woodley) se mantém viva graças a uma droga experimental. Após passar anos lutando com a doença, ela é forçada pelos pais a participar de um grupo de apoio cristão. Lá, conhece Augustus Waters (Ansel Elgort), um rapaz que também sofre com câncer. Os dois possuem visões muito diferentes de suas doenças: Hazel preocupa-se apenas com a dor que poderá causar aos outros, já Augustus sonha em deixar a sua própria marca no mundo. Apesar das diferenças, eles se apaixonam. Juntos, atravessam os principais conflitos da adolescência e do primeiro amor, enquanto lutam para se manter otimistas e fortes um para o outro.

SR76BCRÍTICA RENEGADA

Mas como preciso me expressar com palavras, devo começar dizendo que foi uma das melhores adaptações literárias que eu já vi. De longe a mais fiel e a que mais acompanhou o sentimento da trama.

Para a alegria de milhões de leitores mundo afora, finalmente chegou aos cinemas o filme “A Culpa é das Estrelas”, baseado no best-seller do autor John Green com direção de Josh Boone e a incrível atuação de Shailene Woodley e Ansel Elgort. Juntos, eles destroçaram corações e levaram homens, mulheres, crianças, velhinhos e cachorros a um oceano de lágrimas.

Shailene Woodley e Ansel Elgort atuaram recentemente em outro best-seller literário, “Divergente”, da autora Veronica Roth; onde interpretaram dois irmãos. Por isso, quando foi anunciando que ambos também atuariam em “A Culpa é das Estrelas”, houve um grande mimimi nas redes sociais, pois todos acharam a escolha um tanto absurda. Entretanto, ao assistir o filme, nem sequer me lembrei de “Divergente”. A interação e a química entre os atores foi tão sincera que trouxe total veracidade à trama.

E por falar em trama, ela gira em torno de Hazel, uma adolescente com câncer terminal, que mesmo contra sua vontade passa a frequentar uma reunião de um grupo de apoio a adolescentes com câncer, e lá conhece Augustus.

Augustus, ou melhor, Gus, é um jovem bonito, espontâneo, bem humorado e que, sem Hazel nem sequer perceber, passa a empenhar um papel muito importante em sua vida.

Hazel e Gus aprenderam com o câncer que não há razão para lamentações, pois o tempo é curto, principalmente no caso dos dois. E assim cada um possui suas pequenas particularidades adolescentes, suas chatices e caretices, mostrando que eles não são feitos apenas da doença.

Este é exatamente o trunfo da trama. Green não quis em momento algum criar um drama baseado em uma doença terminal, nem um drama adolescente, e sim uma história comovente, que trouxesse empatia e, principalmente, simpatia. Ele criou uma história leve, bem humorada e sutil. Focada nos momentos simples e corajosos. Uma história onde a amizade levou ao amor, o amor os levou a uma eternidade e essa eternidade nos aperta o peito ao assistir, de tão bela e sensível.

Duvido que você não se emocione com algo tão profundo e belo, mas previno, pessoas altamente insensíveis poderão não entender a sutileza ou a beleza desta bela adaptação (ou talvez sejam surpreendidas…). Então preparem os lenços para presenciar uma história que vai ganhar seu coração! OKAY?

NOTA: icon_pubjoe_clapicon_pubjoe_clapicon_pubjoe_clapicon_pubjoe_clap

Direção: Josh Boone
Elenco: Allegra Carpenter, Amber Myers, Ana Dela Cruz, Ansel Elgort, Apurva Padubidri, Bethany Leo, Camera Chatham Bartolotta, David Whalen, Emily Bach, Emily Peachey, Eric Filo, Frankie Palombi, Garit Rathmell, Jean Brassard, Johanna McGinley, Laura Dern, Lotte Verbeek, Maddox Rathmell, Mike Birbiglia, Milica Govich, Nat Wolff, Randy Kovitz, Sam Trammell, Shailene Woodley, Silvio Wolf Busch, Viviana Cardenas, Willem Dafoe, Wyatt McClure
Roteiro: Michael H. Weber, Scott Neustadter
Produção: Marty Bowen, Wyck Godfrey
Edição: Robb Sullivan
Fotografia: Ben Richardson
Gênero: Drama
País: Estados Unidos
Duração: 125 min.
Ano: 2014
Estúdio: Temple Hill Entertainment
Classificação: 12 anos


Não se esqueçam de comentarem, compartilharem
e o que vocês quiserem! Até mais!

ASS_BAH