Wilfred

Sinopse:

Em Wilfred Elijah Wood é Ryan, um jovem depressivo que após tentar se matar, e não conseguir, começa a ver Wilfred – o cão da vizinha – como um homem australiano em vestido de cão, enquanto todos os outros o vêem apenas como um cão. Wilfred então passa a ser uma espécie de amigo/mentor de Ryan para que ele comece a ver a vida de uma outra forma.

 Wilfred4

Crítica

 aí uma série diferente de quase tudo que eu já vi, porque apesar dela ser uma série de comédia a principio ela passeia pelo drama e pelo mistério de uma forma espectacular.

Temos Wilfred, um cara vestido de cachorro, que pensa como um cachorro, isso gera piadas que excelentes como por exemplo Wilfed odiar um “mago” que mora no fim da rua, e esse “mago” é apenas um garoto que finge que vai jogar a bolinha, e esconde atras das costas (quem nunca fez isso?), isso deixa Wilfred louco de raiva, não sabendo como ele faz tal magia!

Essa visão que o cachorro tem do mundo é um mero detalhe na trama, pois com o tempo, Ryan vai superando seus problemas – graças a Wilfred – e você começa a se perguntar o porquê de Ryan ver Wilfred como um cara vestido de cachorro e os outros não. Pode ser loucura na cabeça de Ryan, ou ele está no purgatório, ou ele está em coma, ou Wilfred é um anjo, ou faz parte de uma organização, ou de um culto maluco, cara tem muitas teorias! E o pior que fotografia é meio embaçada em certos pontos e o roteiro maluco alimenta ainda mais essas teorias.

Wilfred é um Filho da P*** com Ryan, ele é um manipulador fudido, e vira a vida do Ryan de cabeça para baixo. Ainda lembro quando fui ver o filme “TED” do Seth Macfarlane, na hora eu pensei “Wilfred for dummies”, claro que o humor, a historia e a proposta são totalmente diferentes, mas a comparação é inevitável, afinal quando você vê o Mark Wahlberg sentado num sofá fumando maconha com um urso de pelúcia, ai você vê o Elijah Wood em um sofá fumando maconha com um cachorro, bom, você acaba comparando, mesmo sendo bem diferentes (Apesar de que como Family Guy também está no FX, grandes chances dele ter dado uma chupinhada bonita em Wilfred, mas quem sou eu para julgar).

Wilfred2

Além de tudo isso, é uma série bem leve, e rápida de ver, tem apenas 20 min cada episódio, tem um ritmo muito tranquilo, da para ver numa boa que ela vai acabar puxando sua atenção.

A única coisa chata, é que ela teve uma audiência bem baixa e a FXX – que é a divisão de comédia do canal FX – resolveu que vai terminar agora na quarta temporada, então logo teremos o final da série desvendando todo o mistério de Wilfred.

Mesmo assim, vale muito a pena de ser assistida pois é uma daquelas séries que abrem seus olhos para certos pontos da sua vida que você muitas vezes não parou para olhar, ou enxerga de um ângulo diferente, e tudo isso com bom humor. Altamente recomendável!

Wilfred3

Aaaah… E o Wilfred transa com um urso de pelúcia no qual ele tem um serio caso romântico, é hilario! Vejam essa porra!

ASS_DZA

  • Cido

    FRODO…O/

  • Beatriz Candido

    Começando a assistir em 3, 2, 1…

  • Achei interessante a premissa, bem diferente a proposta, acho que vou dar uma chance pela curiosidade que vc me despertou rsrs

  • Com certeza é uma puta serie… e se vocês fizerem maratona, em um fds vcs conseguem ver tudo…

  • Mike

    Ok. Vc me convenceu!!! Vou ver issaê…

  • Eric

    no mínimo interessante… Vamos ver

  • Alessandro Bob

    Eu tenho q ver essa série… sempre esqueço de assistir!!!

  • Paulo Matheus

    Te falei que a série era do caralho, cola em mim que tu brilha bixo, hauahauhauhhaua!!! Tá na hora de tomarmos umas Aecht Schlenkerla lá no Asterix, abs!!!