Vitrine_Veep

O que esperar quando você é apresentada a uma vice-presidente dos EUA totalmente escrota com uma equipe incompetente por demais, presente em eventos totalmente inúteis, tal qual uma visita a uma sorveteria e com apelidos hilários como Meyer The Liar, Voldemeyer, Vaselina, Mrs. Doubtmeyer, entre tantos outros? Eu te respondo: UMA DAS MELHORES COMÉDIAS DA ATUALIDADE!

veep_2

Beleza galera renegada, tudo suave na nave?

Hoje venho falar de uma das séries mais hilárias que eu já assisti em toda a minha longa vida seriadora, VEEP. E isso só acontece por causa de uma mulher que é um gênio da comédia e que impera como a melhor no que faz: JULIA LOUIS-DREYFUS!

Julinha nasceu em 13 de janeiro de 1961 e é proveniente de uma das melhores safras da comédia norte-americana ao lado de Louis C.K., Tina Fey, Amy Poehler, entre outros. Julia também é cria do Saturday Night Live, famoso programa de esquetes que parodiam a cultura e a política norte-americana, realizado por um grande e variado elenco a cada semana. Em seu primeiro ano ela trabalhou ao lado de Eddie Murphy (quando ele ainda era muito bom!). Veja Julia em uma de suas tantas participações especiais em SNL!

Em SNL ela conheceu Larry David, um dos criadores de Seinfeld que mostrou Julinha ao mundo em um de seus melhores papeis de sua carreira: a esquisitíssima e totalmente egoísta Elaine Banes. Durante nove temporadas vimos essa galera falando sobre o nada e rimos sobre a desgraça alheia!

seinfeld

Julia ainda tinha muito para mostrar, mesmo depois de tantos anos em Seinfeld. Em 2006 ela estreou The New Adventures of Old Christine, que foi ao até 2010 e se mostrou, mais uma vez, uma fodona no que faz!

Mas é com VEEP que ela me conquistou de vez! Em 22 de abril de 2012, pela HBO, fomos apresentados a Selina Meyer, a vice-presidente dos EUA e uma completa idiota! Sim meus caros, a VP da nação mais soberana do mundo é uma estúpida sem igual, e, por isso, ela é uma das personagens mais engraçadas e nonsense de todos os tempos. Duvida? Dá uma olhada então:

Em VEEP vemos os bastidores da política norte-americana, mas sob uma perspectiva totalmente diferente. Ao contrário de House of Cards, que mostra a mesma temática, mas de um jeito mais sério e perigoso, em VEEP vemos situações absurdas, hilárias, escrotas demais e totalmente inesquecíveis. Ah, e por falar em Frank Underwood e seu castelo de cartas, Julia Louis-Dreyfus e Kevin Spacey fizeram uma brincadeira muito sensacional com a revista Entertainment Weekly e trocaram de papeis. Dá uma olhada:

veep_house-of-cards
Kevin Spacey de Selina Meyer e Julinha de Frank Underwood. Combina?
veep_house-of-cards_original
A brincadeira foi baseada nos pôsteres originais das séries.

Com uma equipe a altura de sua capacidade, Selina Meyer almeja a presidência, esperando a todo momento que algo aconteça com o presidente dos EUA para que ela possa ocupar a mesa na Ala Oeste da Casa Branca. Ela chega até se candidatar para o cargo! E meus amigos, se isso acontecer com uma pessoa dessa no comando do mundo, imagina a merda que ia dar? (Qualquer semelhança com o governo do senhor George W. Bush não é mera coincidência!).

Atualmente com três temporadas exibidas e uma quarta já confirmada, VEEP vale a pena maratonar: são só 28 episódios até agora galera! Se você curte humor negro, sarcasmo, ironia, escrotidão, comédia de vergonha alheia e gargalhadas sem fim: VEEP é para você! Não se deixe enganar achando que só porque a política é um dos temas, a série é chata… NÃO, NÃO É!

E, meooooo, Julia Loius-Dreyfus é musa soberana e destruidora mesmo. O Emmy desse ano é dela (torcida para que os velhos da Academia não tenham enlouquecido de vez para dar o prêmio para outra) e será o quinto de sua carreira, já que ela ganhou em 1996, por Seinfeld; 2006 por The New Adventures of Old Christine e em 2012 e 2013 por seu excelente trabalho em VEEP!

julia_emmy

Enfim, para de preguiça, fala com o Paulo Coelho e corre pra assistir VEEP. Você não vai se decepcionar! Afinal, como não confiar numa mulher que faz um ensaio sensual e transa com palhaços e que recentemente, fez uma paródia do programa Pawn Stars (no Brasil, o Trato Feito do History Channel) ao lado dos mestre Bryan Cranston – sim, o Walter White de Breaking Bad – e do querido Aaron Paul – É… O Jessie Pinkman “YEAH SCIENCE”? O final é surpreendente!


assrobs

COMPARTILHAR
Artigo anteriorER | STAR WARS: A TRILOGIA
Próximo artigoJR | GOD SAVE THE QUEEN
  • Série foda demaisssssss!

  • PDC

    Puaz essa deu muita vontade de ver!!!! A guria é papa Emmy, obrigado Robs por me fazer calcular todas essas recomendações em 24hs.

  • Adoro ela, não tinha conhecimento dessa série. Bora assistir /o/

  • Miho

    Ahhhhhhh fiquei com muita vontade de ver essa série depois de ler essa SP :O