Avante renegados, beleza?

Como nem todos vocês sabem, nós estivemos em Belo Horizonte neste fim de semana para prestigiar o evento mais lindo do ano: o 1º Encontro Lady’s Comics, que tinha como tema principal: “A transgressão da representação feminina do mundo dos quadrinhos”. O encontro foi idealizado e organizado pelas garotas do Lady’s Comics. Tivemos debates, exposições, banquinhas de venda, oficinas de desenho, anúncios, fotos, vídeos e muitas, muitas trocas de ideias. Como não poderia faltar, deixaremos aqui um pouco das nossas impressões sobre o evento.

b1

Me faltam palavras pra dizer o quão foda é esta iniciativa das meninas do Lady’s Comics. Nós aqui do Renegados sentimos na pele o que é lidar com culturas de nicho e o quão difícil é tentar promover coisas que são ignoradas pela grande mídia. Sabemos o quão ingrato as vezes é o retorno desse trabalho todo que fazemos sem cobrar nenhum centavo e que fazemos por paixão. Também sabemos o quão gratificante é quando uma única pessoa é tocada por isso, quando alguém descobre sua vocação, encontra seu lugar no mundo, ou o espaço que precisava, e atribui parte disso ao seu trabalho. Sinceramente, não há salário que pague esses momentos únicos. E por isso esses depoimentos que você lê aqui agora são nada mais nada menos que nosso pagamento a elas, o mínimo que elas merecem por nos permitir participar de forma ativa em um projeto tão bonito, em algo que pode ser o primeiro passo pra mudar o mercado editorial de quadrinhos no Brasil, um mercado que já vem tendo grandes mudanças e conquistas, mas que pode ter muito mais.

VÍDEOS DO EVENTO

 

[ytp_video source=”ueLoqb0_-xc”]

 

[ytp_video source=”nCNzf8RbT5w”]

 

[ytp_video source=”nKdQv9YAGSs”]

 

[ytp_video source=”ZX8To5IQ5qI”]

 

M1

Vou confessar aqui que eu sou uma pirambaba quanto à questão quadrinhos então puxarei um pouco o foco deste texto para o que me chamou atenção ao evento. A muito tempo atrás, quando era pequena, eu simplesmente adorava ler. Era vidrada nas aventuras da Turma da Monica e nas tirinhas da Mafalda. Mas, a medida que o tempo passou, deixei esse tipo de leitura um pouco de lado. A pergunta que não quer calar é: por quê?!?!?!?

Foi aí que, conversando com um amigo, comecei a descobrir o porquê de ter deixado esse mundo de lado: Meldels, esses quadrinhos são feitos para meninos!!! Eu não tinha me dado conta do quão machistas eram as HQs mainstream. O mocinho ia lá, salvava o mundo, o universo e tudo o mais e, enquanto ainda tinha tempo, saía para arrastar uma simpatia pelo parzinho romântico dele (em muitas histórias, a única garota que aparece).

b1

Infelizmente, Quadrinhos ainda é um segmento machista em âmbito mundial, melhor dizendo, o mundo que vivemos é machista de uma forma geral, e são mulheres como as que promoveram, executaram e participaram de um evento como esse que obtêm o poder da mudança. Nós, sempre que podemos, fazemos episódios com um cunho mais feminista aqui no Renegados, e essas discussões sempre trazem resultados positivos. Sim, pretendemos continuar com isso e até mesmo ampliar esse tipo de assunto, pois preconceitos só são rompidos quando as pessoas se propõem a conversar e debater sobre isso e, por meio do diálogo, quebramos paradigmas e mudamos conceitos.

Ouça aqui o nosso episódio gravado com as meninas, sobre o evento (clique na imagem abaixo)

VITRINECASTMENOR

M1

As pessoas ainda dizem: “nossa, mas quanto exagero, é só uma revistinha/filme/livro/programa de tv. Desencana disso!” É né… mas se você é uma criança que cresceu nos anos 90, como eu, foi bombardeado por revistinhas, filmes, livros e programas de tv, o que praticamente construiu a personalidade de muitos e a forma de como vemos o mundo. Hey, você que pensa assim, realmente acha que não há nenhum tipo de mensagem nesses produtos? Eu ouço muita gente dizendo: “Não aguento mais ouvir falar sobre machismo/preconceito/homofobia”. Desculpa mas vai continuar ouvindo e, enquanto essas coisas continuarem acontecendo, será necessário. Graças ao advento das internetz, esse tipo de discussão torna-se cada vez mais recorrente.O mundo conectado proporciona a rápida viralização de histórias como a da Beyoncé, o discurso da Emma Watson, até mesmo sobre o dia-a-dia de todas nós nas ruas e, finalmente, proporciona também a realização de um evento como o Encontro Lady’s Comics. \o/

ASSISTA O VÍDEO: LADYS COMICS A REPRESENTAÇÃO DAS MULHERES NAS HQS

FOTOS DO EVENTO

LADYSFOTO1.jpg      IPOST3E_2.jpg      IPOST3E_2.jpg      IPOST3E_3.jpg

Por fim, desejamos que tenham outros encontros como esse, não somente das meninas do Lady´s mas que outras sintam-se motivadas com isso e também façam seus próprios movimentos e, assim, que eles ganhem cada vez mais força. Agradecemos e parabenizamos as meninas por terem coragem de serem pioneiras e que sirvam de exemplo e inspiração para outras. Esperamos também que nas próximas edições elas tenham mais apoio, que outras empresas ajudem na realização e que outras mídias com um grande alcance possam registrar e divulgar esse belo trabalho, muita coisa pode ser melhorada e ampliada, mas o primeiro passo foi dado, um passo firme, consistente, passos que somente quem tem fé no que faz consegue dar.

#AvanteLadys! Vocês ainda vão mudar o mercado e, depois disso quem sabe, o mundo!

Gostou? Deixe seu comentário e larga um curtir pá nóis!.