Vitrine_ClubedaLuta

SINOPSE

Considerado um clássico moderno desde sua publicação em 1996, Clube da Luta é hoje reconhecido como um dos romances mais originais e provocativos de sua década. O humor negro de Chuck Palahniuk narra a história de um jovem funcionário que descobre que sua frustração o ira não podem ser acalmadas com o consumo desenfreado que a mídia oferece. Ele encontra alívio e redenção após horas de luta em pequenos clubes escondidos nos porões de bares da cidade. O clube da luta é idealizado por Tyler Durden, que acredita ter encontrado uma maneira de viver fora dos limites da sociedade e de suas regras sem sentido. Mas o que está por vir de sua mente pode piorar muito daqui pra frente.

CRÍTICA RENEGADA

Fala galera renegada, tudo belezinha com vocês?

Faz tempo que não apareço por aqui, mas dessa vez é uma ocasião especial. No entanto, você não pode contar pra ninguém que eu escrevi isso, ok? Afinal, eu NÃO POSSO falar sobre ele! Tem essas regrinhas que eu preciso seguir, ó:

  1. Você não fala do Clube da Luta;
  2. Você NÃO fala do Clube da Luta;
  3. Quando alguém diz “pare” ou fica desacordado, mesmo que esteja fingindo, a luta acaba;
  4. Apenas duas pessoas por luta;
  5. Uma luta por vez;
  6. Sem camisa e sem sapatos;
  7. As lutas duram o quanto tiverem que durar;
  8. Se esta é a sua primeira noite no Clube da Luta, você tem que lutar.

Clube da Luta é o terceiro romance de Chuck Palahniuk, jornalista conhecido que usou a experiência do contato de sua profissão com o lado degradante, egoísta, insano e fútil do ser humano, como uma das grandes inspirações para escrever esse livro. Nele, vemos uma narrativa em primeira pessoa sobre o encontro e o relacionamento de “Jack” (que na real nunca tem seu nome revelado no livro, mas que é comumente chamado assim pelos fãs de Clube da Luta), que tem uma vidinha medíocre e sofre de insônia crônica e o insano e indescritível Tyler Durden, um personagem ÍCONE da cultura pop! “Jack” trabalha para uma grande seguradora e tem sua vida resumida em viagens e relatórios sádicos sobre os terríveis acidentes e as mortes decorrentes deles e encontros noturnos em grupos de apoio a pessoas com doenças terminais. Já Tyler é o oposto disso tudo: com um espírito anárquico, valores morais um tanto questionáveis e uma inteligência incrível, ele é muito diferente de “Jack”.

E justamente por isso, o único capaz de completa-lo!

“Tyler me arranja um emprego de garçom, depois o mesmo Tyler está colocando uma arma em minha boca e dizendo que o primeiro passo para a vida eterna é que você tem que morrer. Porém, por muito tempo Tyler e eu fomos melhores amigos. As pessoas sempre me perguntam se conheço Tyler Durden.
Com o cano da arma encontrado no fundo da garganta, Tyler diz:
– Nós não vamos morrer de verdade.”

clube-da-luta
Se liga no infográfico super bacana do filme Clube da Luta!

Também somos apresentados a Marla Singer, uma mulher que também frequenta os mesmos grupos de apoio que “Jack” e que, assim como ele, não possui nenhuma das doenças da galera, mas que também busca algum conforto diante de toda a tristeza e melancolia existentes neles e se torna um elo entre esses mundos e realidades tão diferentes de “Jack” e Tyler.

Com sua escrita ácida, extremamente sarcástica e igualmente excepcional, Palahniuk mostra que o principal alvo de sua crítica é o homem moderno e seu consumismo fútil que cresce cada vez mais para preencher um vazio que nunca deixará de existir. Não há propósito de vida, objetivo, verdade ou até a simples felicidade. Tudo foi consumido por marcas, valores, cifrões, cheiros e solidões.

Palahniuk é violento, mas não nas lutas do clube, que acabam ficando em segundo plano, mas sim na forma como tudo que ele escreve faz sentido e como é possível pirar nisso tudo! Se não há guerras físicas para lutar e as vozes nunca serão ouvidas, o que resta é socar o outro à exaustão porque juntos, todos esses seres prisioneiros do american way of life, poderão se sentir parte de algo. Não importando qual algo seja!

Clube da Luta é um livro que, para mim, chegou depois do filme. Um baita filme, diga-se de passagem! (um dos filmes preferidos da minha vida, COM CERTEZA!)

O longa homônimo de 1999, dirigido pelo grande David Fincher, tem Brad Pitt em um dos papéis de sua vida com uma atuação tão insana e brilhante, que eternizou o Tyler Durden das telonas como um dos personagens memoráveis e inesquecíveis da cultura pop. Além de Pitt, temos o igualmente excelente Edward Norton e a deliciosamente esquisita Helena Bonham Carter. Vale lembrar que o final do livro diverge um pouco do final do filme, mas são igualmente bons e de explodir mentes! É um tipo de final que você não deve saber antes ou perguntar para alguém: você tem que vivê-lo!

ASSISTA O TRAILER LEGENDADO!

Clube da Luta

Clube da Luta de Chuck Palahniuk não é um livro para todos. A cada virada de página, você leva um soco na cara, um chute nos bagos, uma cusparada nos olhos e uma voadora nas fuças! Mas, é um livro que todos deveriam ler em algum ponto da vida. Porque, quando isso acontecer, as perguntas que te tomam são: até que ponto você domina suas coisas? Ou até que ponto elas te dominam?

AN2_ClubedaLuta

assrobs

  • Cido

    Só acho que resenha por mais maneira…quebrou a primeira regra que é nunca falar do clube da luta…..hahahhaah… so acho

  • Miho

    Ahhhhh eu preciso desse livro *0*

  • Digão

    CARAAAAACA Robs, resenha FODA!!!

    Acho que esse foi um dos melhores livros que eu ja li! Foi também depois do filme, e tendo coisas diferentes, inclusive o final, eles são igualmente fodas!!

    Reforço a recomendação da Robs aqui… Todos precisam ler!!! XD

    Parabéns Robs… In Tyler, we trust!

  • Digones, valeu! =D

    ONLY in Tyler, we trust!!!! HAHAHA

    Cidoooooo, não fala pra ninguém cara e tá tudo certo! Rs

    • Cido

      Me suborne Robs e ta tudo certo….hahahahah

  • Excelente Resenha Robs! Esse é um livro que ta no topo da minha lista de futuras aquisições. O filme é um dos meus preferidos, pq cada vez que assisto acho algo novo, entendo algo numa nova perspectiva, parece que é um novo filme a cada vez que o assisto e isso é irado!
    Pra mim o melhor papel da vida do Pitt, e o Norton como sempre fora de série, a Marla também é um personagem excelente talvez a melhor da Helena até hoje!
    Sem mais, obrigado por me lembrar o pq eu PRECISO ter essa obra na minha coleção…
    Deslize 😉

  • Brubs, não se acanhe! Clique no link para compra do livro e delicie-se com essa obra sensacional! UHUSHAUHSUHA

    Valeu cara 😉

  • Mike

    Livro foda…. resenha foda…
    Não vou falar mais nada porque… porque.. eu faço parte de um grupo que a primeira regra me proíbe de falar mais.

  • Pingback: ER | GAROTA EXEMPLAR | Renegados Cast()