Vitrine_Post_EPIQUSIDADE_PRATADACASA

Nesta época de copa do mundo, ver as bandeiras, perucas e chapéus verde e amarelos na cabeça do povo me fez pensar em como somos patriotas… na época de copa do mundo. É raro ver uma pessoa com uma camisa com as cores do Brasil no parque quando não se trata de um momento em que um grande evento esportivo está acontecendo. Por que não podemos ser patriotas durante o ano todo? Sobre tudo na época das eleições… Conversando com um taxista de uns 55 anos, ele me disse que talvez sejam reflexos da época da ditadura militar. Época esta onde não era permitido o uso da bandeira nacional a não ser em feriados militares. Será mesmo? Outro caso interessante aconteceu com o Digão aqui do Renegados. Segundo a zeladora do prédio onde ele mora, aparentemente não se é brasileiro se não sabe opinar sobre o resultado do jogo da seleção. Menos brasileiro ainda quem não assiste os jogos. Que coisa né? Realmente estamos no país do futebol… somente do futebol. É (arrisco-me a dizer) interessante como temos essa coisa do futebol inserida na nossa sociedade. Ninguém por aqui está 100% livre disso, nem mesmo eu que assisto o jogo do Brasil enquanto escrevo esta coluna. O que preciso deixar claro é que acho o futebol legal, mas não somente o futebol… Apesar dos constantes problemas com saúde, educação, saneamento e o antro de corrupção que reside no coração do poder deste país, O Brasil produz não só coisas como pessoas Épicas e as vezes nem mesmo a tonelada de problemas citados, nem mesmo o excesso de patriotismo esportivo (se é que posso chamar assim) conseguem sobrepor essas coisas/pessoas quando despertam e se erguem.
Um exemplo de momento épico vivido no Brasil, e o melhor deste exemplo é que além de ser histórico, muitos de nós fizemos parte dele.

IMAG_Post_PRATADACASA1

Foi uma das poucas vezes, (novamente arrisco-me a dizer) talvez a única em nossa geração em que a bandeira nacional foi usada assim como outros símbolos de revolução e liberdade em prol de um objetivo para o povo. Vi em muitas discussões na internet (pois depois de um tempo você já não acredita na TV) que após algumas semanas o objetivo principal das manifestações se perdeu. Para uns talvez sim, para outros talvez não. O fato é que #OGianteAcordou no seu auge no movimento iniciado no largo da batata em São Paulo, juntou todas estas opiniões em um exército contra o governo! O povo experimentou o poder que exerce sobre os chamados “superiores” no alto do planalto.
Quanto a pessoas épicas novamente um ótimo exemplo se apresenta em nossa era. Exemplo este que chegou com destaque fazendo algo que muitos queriam ver e agora vai embora sem sabermos exatamente o porquê:

IMAG_Post_PRATADACASA2

Quando os velhos mensaleiros começaram a ser condenados a duras penas pelo Juiz do STF Joaquim Barbosa, muitos brasileiros se sentiram de certa forma vingados. Afinal de contas, que prazer foi ver os astros da corrupção de 2006 serem declarados culpados pelo órgão jurídico mais poderoso do país relatado por um juiz de origens tão humildes. Nada menos que o primeiro ministro negro do STF e primeiro presidente negro do mesmo. Alguns o criticam por suas atitudes, outros o condecoram mas o fato é que ele foi o primeiro presidente do poder judiciário a condenar um (ou vários) políticos desde a fundação do Supremo Tribunal em 1824. Admitam que para isso é preciso ter culhões.

A questão é: as vezes, a nossa pátria amada nos dá motivos para sermos patriotas. Sei que não está no nosso costume usar uma bandeira do Brasil na porta de casa fora da época da copa, mas o que quero dizer é que o Brasil é um ótimo país. O que torna as coisas difíceis são as pessoas que o controlam, ou de outro ponto de vista, as pessoas que escolhemos para controla-lo.
Nas minhas colunas costumo falar de filmes, games e etc.

Mas estava com essa ideia na cabeça e decidi colocá-la aqui. Lembrando que esta é a minha exclusiva opinião! Fiquem a vontade para me xingar nos comentários.

ERIC_ASS

  • Ótimo Texto! Concordo em alguns pontos. Mas nos últimos tempos eu venho tentando permanecer neutra com relação a esses assuntos, mas meio que é impossível, as fontes ditas como “confiáveis” são parciais, e divergem tanto pra um lado a favor do governo atual, e outros tendem para a oposição.

    Isso me faz pensar que o Brasil precisa de um reboot, como um universo Marvel/DC que ta indo pra um caminho sem volta. Algumas pessoas consideram as manifestações do ano passado como sendo o marco, o clímax da história de um país sem heróis próprios, sem uma cultura definida, um ponto de mudança. Eu ainda tenho minhas dúvidas, mudanças todos sempre quiseram, mas será que todos tem consciência de que a mudança começa na gente ? Uma política corrupta, é reflexo de um povo corrupto. Num país onde aqueles que simplesmente fazem o seu trabalho como deveriam são reconhecidos como ponto fora da curva, onde a gente se surpreende quando encontra um parlamentar que comparece em todas as sessões da camara, onde quando uma carteira é perdida e volta pra o seu dono consideramos isso como milagre, acho que a mudança que a gente procura vai demorar bem mais do que o tempo de construção do Itaquerão, (E olha que demorou).

    Mais do que educação, saúde, e estádios, nós precisamos de Ética, saber que aqueles 5 reais de troco que você recebeu a mais, não vieram por sorte, mas que na verdade eles não te pertencem. e devem ser devolvidos e ir para o lugar que eles pertencem, isso se aplica para o troco da padaria, e pra verba pro transporte, pros hospitais, pras escolas, isso se aplica pros 5 reais, ou pros Bilhões administrados pelo governo. Aqueles de Brasília tem que nos representar, e o nosso exemplo vale pra eles, e vice-versa.

    … Mas essa é só minha opnião de merda 😉